top of page
Buscar

Os melhores doces típicos portugueses.

Os doces conventuais são uma parte integral da gastronomia portuguesa. Bem ricos e apetitosos, este tipo de doçaria tem uma origem histórica, como o nome indica, eram confecionados nos conventos e tipicamente feitos com grandes quantidades de ovos e açúcar.



👉🏽 Aqui encontras uma pequena lista dos nossos doces favoritos, típicos de cada região.


Norte


Começando pelo Norte de Portugal, adoramos as Brisas do Tâmega e Papos de Anjo de Amarante e recomendamos a Confeitaria da Ponte para os degustar. Inaugurada em 1930, é o local ideal para experimentar estes doces bem docinhos, sobre o Rio Tâmega.

Em Arouca, encontramos as deliciosas Morcelas Doces e Cavacas. Um saltinho à Casa dos Doces Conventuais de Arouca é tudo que precisas para provares a incrível seleção de doces tradicionais desta zona.

Em Arcos de Valdevez, encontramos Charutos de Ovos e não podemos deixar de recomendar a histórica Doçaria Central de Arcos de Valdevez como o local a visitar. Fundado em 1830, este espaço tem um legado de peso e certamente já perderam a conta à quantidade de bocas que adoçaram.


Picture : Por Nestlé cozinhar, "Papos de Anjo".

Centro

No centro de Portugal, temos de começar por recomendar os magníficos Ovos Moles de Aveiro. Com as suas divertidas formas de inspiração marítima ou os bonitos barris de madeira, são uma lindíssima prenda para oferecer. Não poderíamos deixar de recomendar a conhecida Confeitaria Peixinho, no centro de Aveiro como o local perfeito para os adquirir.

Em Ovar, encontramos o guloso Pão de Ló de Ovar. É um bolo bem húmido, que é cozinhado durante pouco tempo e que termina de cozer na forma de barro. Os locais apontam o Pão de Ló São Luiz como o local ideal para provar esta delícia.

Em Vouzela, não podíamos deixar passar os Pastéis de Vouzela. Uma receita que é um segredo bem guardado, com uma massa finíssima, polvilhada de açúcar em pó e com recheio de ovos, não podes deixar de provar. Dá um saltinho à tradicional Casa Castanheira para te deliciares!

Em Leiria, temos as incríveis Brisas do Lis (ou do Liz). Feito somente com gemas, açúcar e amêndoas, a aparente simplicidade dos seus ingredientes não deve levar ninguém a ignorar esta iguaria. A Aldeia dos Sabores é o local ideal para as encontrares.


Picture : Fonte Produzido por SAPO, Oficina do Doce, "Desde Aveiro, os ovos moles chegam-nos a casa em 24 horas".


Lisboa e Vale do Tejo

Falando de Lisboa e Vale do Tejo, não poderíamos começar sem mencionar os míticos Pastéis de Belém. Apesar de existirem variações pelo país fora, os Pastéis de Nata, a receita original e secreta dos Pastéis de Belém é a utilizada na sua confeção na Fábrica dos Pastéis de Belém, em Lisboa.

De Cascais, vem outra iguaria de possível origem conventual. As Nozes de Cascais, cuja origem se atribui ao antigo Convento de N. Senhora da Piedade, são pequenas bombas carregadas de sabor e doçura. A Bijou de Cascais é o local recomendado para experimentar estas maravilhas.




Alentejo


Tigelada de Abrantes

Este doce típico de Abrantes, é cozinhado numa tigela específica de barro vidrado, que lhe dá uma textura apudinada. Recomendamos a Pastelaria Tágide Gourmet para ficares a conhecer esta maravilha.

Encharcada de Santa Clara

A aparentemente simples encharcada, feita à base de açúcar e gemas de ovos, é um doce emblemático e uma verdadeira delícia. A mais conhecida é a do convento de Santa Clara e recomendamos a versão da Rosária Maria Doces Conventuais, em Portalegre.

Sericaia

Aponta-se uma origem indiana à Sericaia típica do Alentejo, tendo sido implementado pelas freiras dos conventos de Elvas e Vila Viçosa. Decorado com ameixas da região e com um leve travo a canela, este doce com textura fofa pode ser provado e aprovado no restaurante O Lagar, em Elvas.

Pão de Rala

Este bolo redondo, recheado com fios de ovos, ovos moles e doce de chila é original da região de Évora. No concelho de Alcáçovas, em Évora, a Casa Maria Vitória é o local ideal para o ficar a conhecer.

Picture : www.receitaemenus.net , Fonte Câmara Municipal de Abrantes, "Tigelada de Abrantes"


Algarve

Morgados

Os Morgados ou Morgadinhos são os bonitos doces feitos em forma de flores e animais que se vêm um pouco por todo o lado, no Algarve. Feitos de amêndoa, com recheio de doce de chila, ovos moles e fios de ovos, cobertos em glacé, sugerimos a Quinta dos Avós para provar estes doces, em versão grande, para comer à fatia.

Dom Rodrigo

Os Dom Rodrigos estão presentes um pouco por toda a região. De origem tavirense, este doce rico em amêndoas, típicas da região, pode ser saboreado no café Martinique Velha em Albufeira.

Picture : Aportugueseaffair, "Algarve treats to make your summer sweet".




Concordas connosco? Que outros doces não podemos deixar de recomendar? 👇🏽




Follow us on networks for more content !




Maria Ines.


Blogger at Nova Connect.


4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page